12/22/2004

Feliz Dia da Mentira

Existe um dia da mentira muito mais mentiroso do que o 1º de Abril. Esse dia é 25 de Dezembro.

Nessa data se comemora o nascimento de Jesus Cristo. Segundo historiadores e pistas bíblicas, é mais provável que Jesus tenha nascido entre Março ou Abril. Ou seja, é mentira que dia 25/12 é o nascimento do Messias.

Claro que isso não importa, pois Jesus nem é lembrado no Natal. Pelo menos não tanto quanto o Papai Noel. O Papai Noel não existe. Mais uma mentira natalina.

De todas mentiras, o Papai Noel é a que nunca compreendi. Por que os pais do mundo inteiro alimentam essa fantasia em seus filhos? Eles ganham o dinheiro suado, pegam filas intermináveis nas lojas, tem seus pés pisados nos centros comerciais, gastam o que não poderiam pra comprar o brinquedo do momento, embalam o presente com todo carinho e ainda dão o crédito a toda essa boa ação para um pessoa que não existe:

- Olha filho...não foi eu que se fudeu todo pra comprar esse seu presente. Foi o Papai Noel que te deu!

- Eu sei Pai... você é um mão de vaca de merda! O Papai Noel sim é gente boa!



Menino bonzinho ganha presente. Menino mal não. Mentira. Na verdade filho de rico ganha presente bom (por mais filho da puta que seja) e menino pobre ganha brinquedo feio ou não ganha nada (por mais boas notas que tire durante o ano).

É tradição Natalina, que parentes que não se bicam e nem mesmo se importam uns com os outros, coloquem suas diferenças de lado e ceiem juntos. Parentes que estão cagando um para o outro e bancam de família feliz uma vez por ano é pura mentira.

No Natal, Roberto Carlos canta as mesmas músicas de sempre. Ele não tem uma música nova sequer. Nada diferente dos últimos 25 anos. Até a roupa é igual. As pessoas aplaudem e dizem que ele é o rei. Roberto Carlos rei é mais uma mentira.

Xuxa faz um especial de Natal. Na verdade não tem nada de especial, pois é mais do mesmo sempre. Outra mentira portanto.

Os enfeites de Natal são compostos por bonecos de neves, tocas, cachecóis e meias. Aqui não neva. Na verdade, em Dezembro, é verão aqui. Enfeites de nata são mentiras.

No natal o que era ruim fica pior. A TV fica insuportável. Só passa programação especial de Natal. Os filmes são um pé no saco, e todos agem como mongolóides puritanos. Programação de Natal? Mentira das mais chatas.

Nos filmes que vemos a mensagem é sempre a mesma: O Natal é uma noite mágica e especial! Na verdade é uma noite como qualquer outra. Até mais deprimente que as noites comuns. Mensagens de Natal dos filmes Natalinos. Nem preciso dizer que isso é outra mentira.

Pelo que relacionei até aqui, somam-se 9 MENTIRAS em um único dia. Nove Mentiras!!! Nada mal para um data pura e cristã.

Mas quer saber? Mesmo assim eu vou comemorar o Natal, pois eu amo essa data. É nessa data que todos ficam mais humanos e eu sinto mais o calor do coração de todos. Adoro ver minha família reunida. Porque me importo muito com eles. E no natal sinto que esse amor é mútuo. Embora ache o Papai Noel idiota, sei que, de alguma forma, ele nos traz uma mensagem de esperança e união. Enfim, por mais ranzinza que eu seja, na noite de Natal me transformo em alguém que realmente vale a pena. Alguém especial de verdade, afinal, o Natal não é apenas uma data comercial. É acima de tudo, uma data de amor fraternal.

Pronto! Consegui arredondar pra 10!

3 Comments:

Blogger Fergs said...

pois é, acabei ficando curiosa, e li essa merda toda.
acho papai noel hipócrita, num calor do caralho, ele se vestindo de veludo, todo encasacado, definitivamante é o fim. Sempre digo que o papai noel, já que é pra existir, deveria usar short e camiseta, ao invés de casaco e gorro. Deveria também trocar o saco e o trenó por uma prancha de surf e um carro, respectivamente.
Ahh po falei demais.

22 de dezembro de 2004 19:08  
Anonymous katia flavia e falange moulin rouge said...

credu
assim ó..
natal é bom em duas unicas ocasioes.. e com uma exceção...
1- quando vc eh criança ( naum entende nada, nem quer saber quem eh aquele bebezinho pelado no meio daquele monte de vaca tosca )
2- quando vc tem criança ( e não faz questão de explicar quem eh aquele bebezinho pelado no meio daquele monte de vaca tosca )

unica excessão: quando vc ganha presente, abraça muita gente, bebe pra caralho, e não tem que lavar a louça no dia seguinte.

E VIVA A FARÇA NATALINA!!
no proximo te mando uma toca nova

21 de março de 2005 22:32  
Blogger Marri Picchi said...

O texto está ótimo e o último parágrafo é sensacional, apesar das hipocrísias quem não gosta de se reunir com a família? Continue assim.

17 de fevereiro de 2011 22:46  

Postar um comentário

<< Home